Exposições

Recortes Históricos de Carazinho Exposição de longa duração composta por 12 nichos, que com objetos, textos e imagens, abordam aspectos diversos da história econômica, ...

Recortes Históricos de Carazinho

Exposição de longa duração composta por 12 nichos, que com objetos, textos e imagens, abordam aspectos diversos da história econômica, política, social e cultura da cidade.

Arte Sacra Através de objetos, texto e imagens este espaço pretende tratar da "arte religiosa" que vai além das imagens católicas, que ...

Arte Sacra

Através de objetos, texto e imagens este espaço pretende tratar da "arte religiosa" que vai além das imagens católicas, que conhecemos geralmente como "arte sacra", e abrange todas as formas de representação relacionadas a qualquer crença, culto ou rito vinculado às divindades, às forças sobrenaturais, ao intangível e ao desconhecido.

Olívio Otto Museu Olívio Otto: Um museu em movimento – em objetos, textos e imagens pretende trazer ao público as idéias preliminares ...

Olívio Otto

Museu Olívio Otto: Um museu em movimento – em objetos, textos e imagens pretende trazer ao público as idéias preliminares de museu, desde quando Olívio Otto o criou, até o trabalho ampliado e revisado do momento atual.

Raízes Palestinas - Bordados

Raízes Palestinas - Bordados

Papagaio Charão “Araucária e Papagaio Charão: nossas riquezas, preserve!”

Papagaio Charão

“Araucária e Papagaio Charão: nossas riquezas, preserve!”

De: 08 de Setembro de 2011 Até: 01 de Outubro de 2011 Local: Museu Olivio Otto
Ave, Flor A mostra "Ave, Flor", que reproduz fotografias das imagens botânicas de Anelise Scherer, realizadas pelo fotógrafo Pierre Yves Refalo, chega ...

Ave, Flor

A mostra "Ave, Flor", que reproduz fotografias das imagens botânicas de Anelise Scherer, realizadas pelo fotógrafo Pierre Yves Refalo, chega a Carazinho. Numa promoção do Arte Sesc – Cultura por toda parte. Baseada no livro de poesia "Ave, Flor" de Cleonice Bourscheid, as imagens constituem um harmonioso projeto que se compõe da obra editada e impressa com requintes de publicação de arte.

De: 03 de Maio de 2012 Até: 31 de Maio de 2012 Local: Museu Olívio Otto
História dos transportes O transporte rodoviário de cargas foi personagem central da integração, desenvolvimento econômico e sociocultural do Rio Grande do Sul.

História dos transportes

O transporte rodoviário de cargas foi personagem central da integração, desenvolvimento econômico e sociocultural do Rio Grande do Sul.

De: 20 de Junho de 2012 Até: 24 de Agosto de 2012 Local: Museu Olívio Otto
João Simões Lopes Neto O Sistema Fecomércio-RS/SESC, com o apoio do Instituto João Simões Lopes Neto, apresenta a mostra João Simões Lopes Neto - ...

João Simões Lopes Neto

O Sistema Fecomércio-RS/SESC, com o apoio do Instituto João Simões Lopes Neto, apresenta a mostra João Simões Lopes Neto - O Escritor da Alma Gaúcha - uma homenagem ao brasileiro que elevou ao universal a essência da terra e da gente do Rio Grande do Sul.

De: 03 de Setembro de 2012 Até: 01 de Outubro de 2012 Local: Museu Olívio Otto
Sarau no Museu Os Saraus eram momentos de reuniões festivas, entre amigos, evento bastante comum no século ...

Sarau no Museu

Os Saraus eram momentos de reuniões festivas, entre amigos, evento bastante comum no século XIX, realizado geralmente em uma casa particular. Estes saraus tinham como objetivo destinar um momento para que essas pessoas pudessem juntas ouvir música, filosofar, ler trechos de livros e recitar poesia. Ocorriam à tarde ou no início da noite, apresentando concertos musicais, serestas, cantos e apresentações solo, demonstrações, interpretações ou performances artísticas literárias.

De: 29 de Novembro de 2011 Até: 30 de Março de 2012 Local: Museu Olivio Otto
Brava Gente Exposição construída através da Coleção de Pinturas da Artista Ilse Ana Piva Paim, intitulada " Brava Gente ", cujo tema ...

Brava Gente

Exposição construída através da Coleção de Pinturas da Artista Ilse Ana Piva Paim, intitulada " Brava Gente ", cujo tema são os indígenas da região de Carazinho. Ainda foram adicionadas peças etnológicas do acervo do Museu Olivio Otto.

De: 18 de Abril de 2011 Até: 31 de Maio de 2011 Local: Museu Olivio Otto
Carazinho em Foco Com o objetivo de promover uma conscientização da importância da preservação do contexto histórico do município e o seu registro ...

Carazinho em Foco

Com o objetivo de promover uma conscientização da importância da preservação do contexto histórico do município e o seu registro em imagens é que o grupo Carazinho Cultural promoveu uma atividade denominada “ 1ºConcurso Fotográfico – Carazinho em Imagens” , com o tema patrimônio histórico, arquitetônico e monumental resultando na exposição intinerante “ Carazinho em Foco”.

De: 04 de Outubro de 2012 Até: 01 de Novembro de 2012 Local: Museu Olivio Otto
Pró-Memória Carazinho Pró-Memória Carazinho: Vivências e Evidências Significativas A pesquisa Pró-Memória ...

Pró-Memória Carazinho

Pró-Memória Carazinho: Vivências e Evidências Significativas A pesquisa Pró-Memória de Carazinho possui enfoque interdisciplinar a partir de um conjunto de temáticas significativas acerca da comunidade Carazinhense, a qual é tomada como centro de referência. Dessa pesquisa, resultará o resgate histórico parcial de algumas instituições educacionais, religiosas, de saúde e sociais. Também buscará o resgate de fatos políticos, do desporte e da cultura, além da história de alguns personagens empresariais.

De: 16 de Agosto de 2011 Até: 29 de Agosto de 2011 Local: Museu Olivio Otto
Pedaços Usando a técnica de Patchwork, forma de trabalho manual que utiliza restos de tecidos e retalhos, a artesã procura ...

Pedaços

Usando a técnica de Patchwork, forma de trabalho manual que utiliza restos de tecidos e retalhos, a artesã procura retratar em seu trabalho aspectos da cultura afro brasileira.

De: 20 de Novembro de 2012 Até: 30 de Novembro de 2012 Local: Museu Olivio Otto
Musicalidade A Musicalidade e a Interferência do Rádio no Cotidiano das Pessoas. A música faz parte integrante de nossa vida, desde as ...

Musicalidade

A Musicalidade e a Interferência do Rádio no Cotidiano das Pessoas. A música faz parte integrante de nossa vida, desde as primeiras comunidades primitivas da Africa até os dias atuais. A música traduz em sentimentos os valores e atitudes de um povo. O rádio foi e ainda é um importante instrumento de divulgaçao dos mais diversos estilos e gêneros musicais que fazem parte da cultura de nosso país. Essa exposição procura resgatar a importância da música e do rádio na vida das pessoas. O rádio acompanhava de perto os acontecimentos do dia a dia do país e transmitia informações de diversas partes do mundo. Para muitos ele significa o único elo e a única possibilidade de contato e as tranformações das fronteiras de seu pequeno universo.

De: 01 de Dezembro de 2012 Até: 01 de Março de 2012 Local: Museu Olivio Otto
PROJETO PINÓQUIO: mediação e contação de histórias O Projeto Pinóquio, mantido pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC), existe desde 2007 e desenvolve atividades que visam ...

PROJETO PINÓQUIO: mediação e contação de histórias

O Projeto Pinóquio, mantido pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC), existe desde 2007 e desenvolve atividades que visam o incentivo à leitura, buscando sempre fomentar o hábito e o gosto de ler dos alunos, promovendo a leitura e assumindo-a como fator de desenvolvimento individual e transformação coletiva através de exposição de material literário, palestras e contação de histórias. Desde o último dia 25, quinta-feira, o Projeto Pinóquio está com uma exposição aberta ao público no Museu Olívio Otto. Sendo que nas terças-feiras haverá agenda de palestras e contação de histórias em quatro horários do dia para os interessados: escolas e comunidade. As atividades serão desenvolvidas conforme o agendamento e a faixa de idade dos alunos, sendo que a entrada é gratuita durante a exposição que segue até o dia 25 de agosto. As escolas que quiserem agendar sua visita devem ligar para o Museu através do número: 3331-2699 ramal 152. O Museu Olívio Otto funciona das 8h30min às 11h30min e das 14h às 17h, aos sábados o horário de funcionamento é das 14 às 17h. *TEXTO E FOTOS: ...

De: 25 de Julho de 2013 Até: 24 de Agosto de 2013 Local: Sala de Exposição Temporária
SÉRIE COLEÇÕES - I CANDIDO SUBTIL NETTO O Museu Olívio Otto desenvolveu o projeto Série Coleções que visa aproveitar a sala de exposição temporária para expor o ...

SÉRIE COLEÇÕES - I CANDIDO SUBTIL NETTO

O Museu Olívio Otto desenvolveu o projeto Série Coleções que visa aproveitar a sala de exposição temporária para expor o acervo de colecionadores, que possuem coleções em suas propriedades. Com a finalidade de apresentar suas coleções a comunidade e a visitantes é que surgiu esta ideia. Como primeira coleção a ser apresentada foi convidado o colecionador Candido Subtil Netto que iniciou sua coleção como forma de lazer após um dia cansativo de trabalho, por incentivo de um amigo colecionador há aproximadamente 40 anos, habito que conservou mesmo após sua aposentadoria. Aos poucos foi ampliando sua coleção, passando a colecionar novos objetos. Possui em seu acervo mais de 27 mil peças, compostas de: Selos do Brasil, moedas, papeis moeda, envelopes, cartões postais, blocos com selos do Brasil, canetas, chaveiros e há poucos meses começou a colecionar carrinhos. A exposição poderá ser visitada no museu até o mês de março de 2014.

De: 18 de Dezembro de 2013 Local: Museu Olívio Otto
Memórias do Futebol Carazinhense A exposição temporária "Memórias do Futebol Carazinhense", no momento em acontece a Copa do Mundo no Brasil, tem por objetivo ...

Memórias do Futebol Carazinhense

A exposição temporária "Memórias do Futebol Carazinhense", no momento em acontece a Copa do Mundo no Brasil, tem por objetivo rememorar e levar os carazinhenses conhecerem as história e as memórias do futebol local, desde a formação dos primeiros times até os dias atuais, passando pelos momentos memoráveis que este esporte viveu com os times que mais destaram-se na história futebolística da cidade: Veterano Futebol Clube e Grêmio Atlético Glória. Para o resgate dessas memórias, o trabalho da equipe técnica do museu juntamente com a comunidade foi fundamental. Assim, agradecemos aos senhores e senhoras: - Jaime Albuquerque; - Iara Albuquerque; - Cândido Subtil; - Dirceu Weber; - Romeu Barleze; - Nelson Kochenborger; - Dalmiro Prompt; - Signei Sebastiani; - Ilse Ana Piva Pain; - Enide Lübke; - Giovane Fiorese; - Ernani Horst; - Nelson Wohjan; - Tarso Martini, que dispuseram-se a nos contar suas memórias do tempos vividos pelo futebol carazinhense e gentilmente cederam ao museu acervos pessoas, para que a comunidade, durante a vigência dessa exposição possa conhecer melhor sua história.

De: 12 de Maio de 2014 Até: 15 de Agosto de 2014 Local: Museu Olívio Otto
Cultivando a Tradição O Museu Olívio Otto apresenta a exposição "Cultivando a Tradição", através de painéis, indumentárias e objetos do acervo. Com o objetivo ...

Cultivando a Tradição

O Museu Olívio Otto apresenta a exposição "Cultivando a Tradição", através de painéis, indumentárias e objetos do acervo. Com o objetivo de mostrar a comunidade de Carazinho um pouco da cultura Gaúcha ao longo da história e a Revolução Farroupilha, fato este que marcou a história do Rio Grande do Sul.

De: 01 de Setembro de 2014 Até: 21 de Setembro de 2014 Local: Museu Olívio Otto
8ª Primavera dos Museus Projeto Zum Zum Zum é Gafanhoto desenvolvido pelo professor de Capoeira Jamaica nos municípios de Carazinho, Não-Me-Toque, Tapera e Almirante ...

8ª Primavera dos Museus

Projeto Zum Zum Zum é Gafanhoto desenvolvido pelo professor de Capoeira Jamaica nos municípios de Carazinho, Não-Me-Toque, Tapera e Almirante Tamandaré. O projeto abrange crianças e adolescentes, com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento cognitivo, afetivo e psicomotor dos participantes de forma lúdica e prazerosa, através de aulas de capoeira, percussão, canto, confecção de instrumentos musicais com material reciclável entre outros.

De: 22 de Setembro de 2014 Até: 01 de Novembro de 2014 Local: Museu Olívio Otto
O Carazinho de Ontem Este projeto visa mostrar o Carazinho de ontem, apresentando à comunidade carazinhense algumas imagens de como era nossa cidade e ...

O Carazinho de Ontem

Este projeto visa mostrar o Carazinho de ontem, apresentando à comunidade carazinhense algumas imagens de como era nossa cidade e as transformações que ocorreram ao longo dos tempos. As imagens são de 1910 a 1950, período que nos remete a um passado que muitos não tiveram a oportunidade de conhecer, devido a uma trajetória cheia de mudanças. Um Carazinho com residências de madeira, sem calçamento e muita vegetação que aos poucos foi sendo substituída por prédios de alvenaria e paralelepípedos. Atualmente, Carazinho tem características totalmente diferentes, a paisagem mudou e pouco restou do passado, talvez apenas estas imagens.

De: 09 de Dezembro de 2014 Até: 27 de Março de 2015 Local: Museu Olívio Otto
Porcelanas PORCELANA – É um tipo de cerâmica, inventada na China, entre os séculos VI e VII. Acredita-se que um forno ...

Porcelanas

PORCELANA – É um tipo de cerâmica, inventada na China, entre os séculos VI e VII. Acredita-se que um forno de cerâmica ultrapassou a temperatura habitual, resultando em um elemento que surpreendeu por sua dureza, translucidez, pureza e cor branca, além da vitrificação, transparência, resistência, completa isenção de porosidade e sonoridade, características que distinguem a porcelana dos outros produtos cerâmicos. A matéria prima da porcelana é argila, quartzo, caulim e feldspato. A porcelana só é decorada ao final de todo processo, com pinturas artesanais, adesivos e aplicação de decalques, tudo feito com técnicas milenares e clássicas. O continente Europeu conheceu a porcelana no século XIII, onde foi reconhecida pelo seu requinte, atraindo a atenção dos portugueses, que no início do século XVI, foram os primeiros a comercializar vasos, pratos e outros objetos decorativos na Europa, onde eram vistas como símbolo de requinte e preciosidade. Os italianos descobriram uma outra fórmula, à base de argila e vidro, fabricada em Florença, por volta de 1575, mas diferenciava-se da porcelana chinesa por sua consistência mais mole. Em 1707 os químicos alemães Johann Friedrich ...

De: 20 de Maio de 2015 Local: Exposição de porcelanas
Comunicar é preciso: do gestual ao digital A exposição apresenta fragmentos sobre formas de comunicação ao longo dos tempos. Inicia pela arte rupestre (pintura na parede das ...

Comunicar é preciso: do gestual ao digital

A exposição apresenta fragmentos sobre formas de comunicação ao longo dos tempos. Inicia pela arte rupestre (pintura na parede das cavernas),a invenção da escrita pelos Sumérios e dos Egípcios, criação do alfabeto pelo Fenícios, o desenvolvimento da imprensa, a comunicação sonora e visual, destacando também as diferentes formas de comunicação além das palavras ( sinais, Braille, expressão corporal....) até a chegada da internet e redes sociais.

De: 21 de Outubro de 2015 Até: 28 de Fevereiro de 2016 Local: Sala de exposição temporária
Luz capturada: a invenção da fotografia Tem como objetivo apresentar um vasto acervo de mais de 40 câmeras fotográficas fabricadas ao longo do século XX, que ...

Luz capturada: a invenção da fotografia

Tem como objetivo apresentar um vasto acervo de mais de 40 câmeras fotográficas fabricadas ao longo do século XX, que poderá ser visitada até o dia 17 de outubro. A exposição apresenta a história da fotografia, desde a sua invenção, em 1826, por Niépce, percorrendo o no de 1888, com o desenvolvimento da Kodak por George Eastman, depois salientando a magia das famosas câmeras 35mm de filme, até a popularização da fotografia digital na década de 1990. Estão expostos diversos tipos de câmeras: de fole de grande e pequeno formato, box, reflex, polaróides, mini-câmeras, de formato 120, 110, 126 e médio formato 35 mm. Juntamente com a exposição estão sendo realizadas atividades de ação educativa para os grupos de visitantes. Cláudio Damião Braun Responsável técnico pelo Núcleo Histórico e Cultural

De: 06 de Agosto de 2015 Até: 15 de Outubro de 2015 Local: Sala de Exposição Temporária
“Câmara Junior (JCI): 56 anos formando lideranças” O Museu Olívio Otto convida para visitar a exposição temporária: “Câmara Junior (JCI): 56 anos formando lideranças” A exposição apresenta momentos importantes ...

“Câmara Junior (JCI): 56 anos formando lideranças”

O Museu Olívio Otto convida para visitar a exposição temporária: “Câmara Junior (JCI): 56 anos formando lideranças” A exposição apresenta momentos importantes da história da Câmara Junior em Carazinho. Fundada em 22 de janeiro de 1960 por um grupo de jovens e é uma das mais antigas do Rio Grande do Sul ainda em funcionamento. A exposição apresenta fotos, documentos, cartazes, troféus, canecos de chopp de eventos realizados ao logo dos 56 anos de sua existência, além de um histórico de seus presidentes e suas principais realizações. DE: 15 de março de 2016 ATÉ: 13 de maio de 2016 LOCAL: Sala de exposição temporária

De: 15 de Março de 2016 Até: 13 de Maio de 2016 Local: Sala de exposição temporária
Brizola: O Estadista da Educação O Museu Olívio Otto convida para a exposição: "Brizola – O Estadista da Educação", que relembra a trajetória do político ...

Brizola: O Estadista da Educação

O Museu Olívio Otto convida para a exposição: "Brizola – O Estadista da Educação", que relembra a trajetória do político gaúcho que nasceu no dia 22 de janeiro de 1922, no povoado de Cruzinha, então pertencente ao município de Passo Fundo, mas que em 1931, passou à jurisdição de Carazinho, no Rio Grande do Sul. O material pertence ao Memorial do Legislativo do Rio Grande do Sul, e ficará exposto até o dia 21 de julho na sala de exposição temporária do Museu Olívio Otto. Contada através de textos e imagens, a trajetória de Brizola será apresentada em 20 banners, que relatam resumidamente seu caminho político desde seu nascimento em Carazinho até o seu sepultamento, em 21 de junho de 2004, no Cemitério Jardim da Paz em São Borja. O objetivo precípuo da exposição é homenagear um dos mais ilustres filhos de Carazinho, que teve seu nome recentemente incluído no seleto livro dos Heróis da Pátria, conforme a Lei n°13.229 publicada no Diário Oficial da União do dia 29 de dezembro de 2015, e que se encontra no Panteão da Pátria ...

De: 21 de Junho de 2016 Até: 21 de Julho de 2016 Local: Sala de exposição temporária do Museu Olívio Otto
RECORTES DO AEROCLUBE DE CARAZINHO: AS ASAS DO TEM Foi a partir da apresentação do TCC da arquiteta ESTER VARGAS KIPPER, intitulado Modernização do Aeroporto de Carazinho, que o ...

RECORTES DO AEROCLUBE DE CARAZINHO: AS ASAS DO TEM

Foi a partir da apresentação do TCC da arquiteta ESTER VARGAS KIPPER, intitulado Modernização do Aeroporto de Carazinho, que o Museu Olívio Otto definiu o tema da exposição que estará para apreciação durante os meses de setembro até 15 outubro. O trabalho de Ester projeta uma readequação total do aeroporto, com todos os espaços remodelados, desde o hangar, mas propõe também alojamento, centro de convivência, centro educacional, heliponto e museu, tornando-o mais robusto, moderno e interativo. Mas além da preocupação com a estrutura física, a arquiteta enfatiza no projeto a valorização da história do Aeroclube, que nos mais de 70 anos de existência vem colaborando com o patrimônio esportivo, social, cultural e econômico do município. Motivado com a proposta, a equipe do museu iniciou a pesquisa e coleta de acervo para a realização da exposição, através de contatos com dirigentes, colaboradores e admiradores da aviação local, além do resgate de material e informações do acervo próprio. Especialmente composto por publicações em jornais e revistas de circulação local, regional e nacional, o material de pesquisa contém vários recortes de jornais que contam uma parte da ...

De: 06 de Setembro de 2016 Até: 15 de Outubro de 2016 Local: Sala de exposição temporária do Museu Olívio Otto
KÃGRAN: RETRATOS DE UMA SOCIEDADE INTERÉTNICA Antes do processo colonizatório e da expropriação territorial indígena, o continente americano, o norte sul rio-grandense já era habitado pelo ...

KÃGRAN: RETRATOS DE UMA SOCIEDADE INTERÉTNICA

Antes do processo colonizatório e da expropriação territorial indígena, o continente americano, o norte sul rio-grandense já era habitado pelo povo Kaingang. Nos séculos XIX e XX, pequenas áreas começaram a ser delimitadas. No século XXI, aldeamentos ainda buscam autonomia e reconhecimento cultural, validação de direitos inalienáveis e a garantia de posse das terras outrora exploradas. As fotografias apresentadas fazem referência a uma análise de antropologia visual, desenvolvida com a comunidade KaingangVáycupry, em Carazinho – RS. Com mais de trinta e três mil pessoas (FUNASA, 2015), os Kaingang atualmente se distribuem em mais de quarenta terras indígenas (legalizadas ou em vias de legalização) os estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Existem ainda as famílias que vivem fora das terras indígenas, as periferias de centros urbanos ou em zonas rurais destes estados (ISA, 2015). Os números são expressivos: sozinhos, os Kaingang correspondem a quase 50% de toda população dos povos de língua Jê, sendo um dos cinco povos mais populosos no Brasil. A mobilidade das famílias indígenas entre as terras – que ...

De: 31 de Outubro de 2016 Até: 28 de Fevereiro de 2017 Local: Sala de exposição temporária do Museu Olívio Otto